A EcoVadis dá a terceira classificação ‘Ouro’ consecutiva à Birla Carbon por Práticas Sustentáveis

Ecovadis 2018 Featured

Ecovadis 2018Revisada em uma base anual, a EcoVadis atribuiu, pelo terceiro ano consecutivo, uma classificação de nível Ouro à Birla Carbon por práticas sustentáveis. Com uma classificação de 71%, a Birla Carbon ocupa o top 2% das companhias auditadas no nosso setor industrial.

Essa classificação se baseou no sexto relatório de sustentabilidade da Birla Carbon – Compartilhar a Força: Trabalhando Juntos para um Futuro Sustentável.

Birla Carbon Sustainability AssessmentCompartilhando seus pensamentos sobre esse feito, Joe Gaynor, Diretor Legal, de Sustentabilidade e de Risco da Birla Carbon, disse: “Com essa terceira classificação Ouro consecutiva, a Birla Carbon continua se classificando no topo de nossa indústria e isso é consistente com nosso objetivo de ser o fabricante de negro de fumo mais respeitado, sustentável e dinâmico a nível global. Na Birla Carbon, a sustentabilidade é um esforço de grupo e envolve cada um dos empregados, sem exceção. Continuaremos ‘Compartilhando a Força’ através de inovações contínuas na forma como fabricamos nossos produtos, apoiamos nossas comunidades e nos relacionamos com nossos clientes.”

Birla Carbon Sustainability Dashboard

Um dos principais destaques é que os assessores da EcoVadis continuam reconhecendo o progresso e esforços da Birla Carbon no relatório sustentável e nossa classificação e avaliação EcoVadis foram compartilhadas com uma série principais clientes da Birla Carbon a nível global, ‘fortalecendo’, assim, nossa imagem na indústria.

Esse ano, a EcoVadis modificou seu formato de relatório e não concedeu classificações em setores da indústria em termos gerais para mais de 55 mil companhias de 150 países. Contudo, com essa classificação de 71%, a Birla Carbon ocupa uma posição forte de estar nos primeiros 2% dentre as empresas no espaço de práticas sustentáveis, na categoria da indústria de ‘Fabricação de outros produtos minerais não metálicos’.