< VOLTAR PARA COMPARTILHAR A FORÇA

< VOLTAR

LAÇOS
FAMILIARES

COMPOSIÇÃO DO
CONHECIMENTO

QUESTÕES
MICRO

ALÉM DA DURABILIDADE

DESAFIO TESTADO

LAÇOS
FAMILIARES

COMPOSIÇÃO DO
CONHECIMENTO

QUESTÕES MICRO

ALÉM DA DURABILIDADE

DESAFIO TESTADO

COMPOSIÇÃO DO
CONHECIMENTO

Das equipes nas fábricas aos times nas áreas de vendas, nossa paixão pela aprendizagem não tem limites. Estamos constantemente buscando um entendimento profundo de nossos produtos e suas aplicações.

Para nós, compartilhar conhecimentos uns com os outros é nosso recurso mais importante. Foi essa simples busca por conhecimento que levou à invenção do processo de fornalha e ao investimento em um dos primeiros microscópios de eletrônicos. E o que descobrimos, compartilhamos com o mundo. Focando no agora enquanto imaginamos o que acontecerá em seguida é verdadeiramente o que nos move. Em nome da indústria e de nossos clientes, trocarmos esses conhecimentos é o que alimenta nossa motivação e gera nossa inspiração. Porque conseguimos nossos melhores resultados quando estamos abertos às perspectivas dos outros e trabalhamos juntos para fazer a diferença.

COMPOSIÇÃO DO
CONHECIMENTO

Das equipes nas fábricas aos times nas áreas de vendas, nossa paixão pela aprendizagem não tem limites. Estamos constantemente buscando um entendimento profundo de nossos produtos e suas aplicações.

Para nós, compartilhar conhecimentos uns com os outros é nosso recurso mais importante. Foi essa simples busca por conhecimento que levou à invenção do processo de fornalha e ao investimento em um dos primeiros microscópios de eletrônicos. E o que descobrimos, compartilhamos com o mundo. Focando no agora enquanto imaginamos o que acontecerá em seguida é verdadeiramente o que nos move. Em nome da indústria e de nossos clientes, trocarmos esses conhecimentos é o que alimenta nossa motivação e gera nossa inspiração. Porque conseguimos nossos melhores resultados quando estamos abertos às perspectivas dos outros e trabalhamos juntos para fazer a diferença.

UM INCENTIVO PARA A INOVAÇÃO

Nos primeiros anos, os pneus da B.F. Goodrich Company eram brancos. Mas quando a companhia começou os experimentos com pneus “Silvertown” para mudar seu aspeto, descobriu que a borracha desgastada não era apenas cinza – também era mais resistente.

O fabricante de Silvertown estava usando uma pequena quantidade de negro de fumo da empresa Binney & Smith para dar a seus pneus sua tonalidade e a Goodrich descobriu que aumentar a quantidade de negro de fumo ligava as partículas de borrada, tornando os pneus mais fortes. Portanto, em 1911, solicitaram a um fabricante que conseguisse produzir um suprimento anual de cerca de 453 toneladas de negro de fumo. A Binney & Smith aceitou esse desafio, formando a Columbian Carbon Company em seguida. Ao aprofundar o conhecimento em pesquisas e imaginando um caminho melhor, eles logo desenvolveram e patentearam uma fórmula para criar fuligem (negro de fumo) em forma de grãos, o que lhes permitia produzir quantidades mais significativas.

O valor que a Binney & Smith trouxe à B.F. Goodrich Company foi superior a 280 mil toneladas em volumes entregues. Através da vontade das suas empresas de trabalharem juntas e trocarem conhecimentos, promoveram sua parceria. E, ao impulsionar além dos limites da pigmentação, juntos criaram um pneu que conseguia tornar a mobilidade mais prática, mais acessível – beneficiando as vidas de milhões de pessoas.

UM OLHAR DE LONGA DATA

Já faz mais de 75 anos desde nossa construção histórica de um dos primeiros microscópios eletrônicos industriais do mundo – uma invenção que continua inovando.

O microscópio eletrônico foi uma revelação – literalmente. Antes disso, ninguém tinha visto a estrutura do negro de fumo. Foi uma árdua busca pelos mistérios do que torna o negro de fumo forte. Com essa poderosa ferramenta nas mãos, compartilhamos com o mundo todo o que descobrimos, revolucionando nossa indústria e liderando o caminho em frente.

Décadas mais tarde, nossos clientes dizem que nossa tecnologia de identificação de negro de fumo (CB ID) ainda é a melhor da indústria e, até hoje, compartilhamos nosso processo com eles, em agradecimento. Alguns até visitaram nosso laboratório para conhecer os microscópios. Para eles, e para nós, é uma revelação tão grande quanto era em 1941.

LEIA TODAS AS HISTÓRIAS